quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Festival Internacional de criatividade móvel. Se você cria Apps, participe e ganhe $$

image


I Prêmio Mobilefest de Aplicativos para Celular

O Mobilefest - Festival Internacional de Criatividade Móvel, maior evento latinoamericano de soluções em mobilidade, abriu as inscrições para o I Prêmio Mobilefest de Aplicativos para Celular. Desde a primeira edição do Festival Mobilefest em 2006 o cenário brasileiro e mundial de mobilidade se modificou profundamente. O desenvolvimento de aplicativos móveis e da Internet móvel possibilitaram uma evolução das possibilidades de atividades sociais, educacionais e culturais.

O uso desses recursos vem apresentando crescimentos exponenciais, acredita-se que a receita gerada por aplicativos no mercado móvel deverá crescer do atual US$1,94 bilhão movimentado em 2009 para US$15,65 bilhões em 2013, um crescimentos superior a 800%.

Este ano, a organização do evento premiará pela primeira vez aplicativos e games para celular para as principais plataformas e formatos existentes; Iphone, Blackberry, Android, Windows Mobile, Symbian, J2ME e Flash.

O objetivo é dar espaço aos desenvolvedores e incentivar o crescimento do segmento.

As áreas temáticas são relacionadas à pergunta principal do Mobilefest: Como a tecnologia móvel pode contribuir para cultura, arte, ecologia, educação, saúde, terceiro setor, democracia, comércio e paz.

Para abrigar estes temas, foram criadas quatro categorias:

(a) cultura, arte, entretenimento/redes sociais;

(b) meio ambiente, ecologia, sustentabilidade;

(c) educação, saúde, esportes;

(d) Terceiro setor, democracia, cidadania, paz, serviços públicos.

Para julgar os aplicativos nacionais foi composto um júri com especialistas em mobilidade, educação e inclusão digital de todo o país; são eles Breno Masi (diretor de marketing e produtos da Fingertips), Guilherme Tsubota (consultor de tecnologias móveis da 8D), Leonardo Xavier (diretor geral da Pontomobi), Lucas Longo (diretor do Instituto de Artes Interativas iAi), Marcelo Castelo (sócio da F.Biz), Marcus Cuzziol (gerente do Itaulab do Itaú Cultural), Alberto Magno (Presidente da M1nd), Elaine Coimbra (diretora de planejamento da Foster), Gilberto Dimenstein (Jornalista, Catraca livre), Emiliano de Castro (vice-presidência de relações institucionais da Abragames), Marcelo Pereira (Coordenador do curso de pós-graduação em webdesigners), Franco Lazzuli (Cietec).

A premiação será no evento em São Paulo, de 21 a 24 de setembro, no Museu da Imagem e do Som (MIS).

A organização aceitará os projetos até 31 de agosto, por meio de cadastro no site www.premiomobilefest.com.br, clicando no item I Prêmio Mobilefest de Aplicativos para Celular. Os vencedores receberão um prêmio Menção Honrosa e, juntamente aos finalistas, terão a oportunidade de exibir seus aplicativos na Mostra Expositiva Internacional do Festival, um contrato de seis meses com a operadora Claro e o 1 (um) grande vencedor ganhará como prêmio uma viagem à Ontário, no Canadá, para participar do programa Mobilefest - Mobile ICT/Digital Media R&D Exchange (Brasil Canadá).

Veja o Release

Festival Mobilefest apresenta I Prêmio Mobilefest de Aplicativos para Celular inédito no Brasil

Com o patrocínio da Claro , os primeiros colocados terão um contrato de seis meses com a operadora, patrocinadora do evento. O grande vencedor poderá viajar ao Canadá para o Mobilefest Mobile ICT/Digital Media R&D Exchange

São Paulo, 30 de julho de 2010. O Mobilefest 2010 - Festival Internacional de Criatividade Móvel, maior evento latinoamericano de soluções em mobilidade - inicia as inscrições para o I Prêmio Mobilefest de Aplicativos para Celular. Serão reconhecidos os desenvolvedores de aplicativos para telefones móveis das principais plataformas, como Android, Windows Mobile, Symbian, J2ME, iPhone, Blackberry e Flash. As áreas temáticas respondem à pergunta "Como a tecnologia móvel pode contribuir para cultura, arte, ecologia, educação, saúde, terceiro setor, democracia, comércio e paz?". A premiação será em setembro no evento em São Paulo, no Museu da Imagem e do Som (MIS).

A organização aceitará inscrições de 1 a 30 de agosto, gratuitamente, por meio de cadastro no site www.premiomobilefest.com.br Este ano, serão quatro categorias de abordagem aos temas propostos, representadas por letras do alfabeto: (a) cultura, arte, entretenimento e redes sociais; (b) meio ambiente, ecologia e sustentabilidade; (c) educação, saúde e esportes; e (d) terceiro setor, democracia, cidadania, paz e serviços públicos. São dois tipos de inscrição, destinadas a pessoas física e jurídica. As inscrições são gratuitas

A Claro oferecerá aos ganhadores do prêmio um contrato de seis meses de exclusividade para comercializar seus aplicativos por meio do Portal Claro Ideias. Além disso, o grande vencedor será escolhido pelo júri para viajar ao Canadá com todas as despesas pagas e participará do programa de intercâmbio Mobilefest Mobile ICT/Digital Media R&D Exchange, de desenvolvimento de aplicativos móveis, no Mobile Experience Innovation Centre do Ontario College of Art & Design (OCAD). Serão quatro dias de laboratórios e workshops com pesquisadores e empresários canadenses. O intercambio e resultado de uma parceria de inovação tecnológica entre o Festival Mobilefest, MEIC ( Móbile Experience Inovattion Center ) e o Governo do Canadá.Os profissionais ainda receberão uma Menção Honrosa e poderão exibir seus projetos na Mostra Expositiva Internacional do Festival.

"Com esta iniciativa, queremos incentivar e dar oportunidades aos jovens empreendedores, além de fortalecer parcerias e ampliar ainda mais este mercado de desenvolvedores de aplicativos", destaca Fiamma Zarife, diretora de Serviços de Valor Agregado e Roaming da Claro.

Por meio do Instituto Claro, a operadora patrocina há dois anos o Mobilefest e, agora, está apoiando também esta premiação. A ideia é explorar o potencial das novas tecnologias que gerem experiências interessantes e diferenciadas de aprendizagem e expressão. É importante fomentar este tipo de debate e essa ação complementa os trabalhos desenvolvidos pelo Instituto Claro. O objetivo do prêmio é dar espaço aos desenvolvedores e incentivar o crescimento do segmento, uma vez que a receita gerada por aplicativos no mercado móvel deverá aumentar de US$ 1,94 bilhão, movimentado em 2009, para US$ 15,65 bilhões em 2013, crescimento superior a 800%, de acordo com pesquisa da alemã research2guidance.

O corpo de jurados será composto de especialistas em mobilidade, educação e inclusão digital de todo o País. Entre eles, Fiamma Zarife, diretora de Serviços de Valor Agregado da Claro, Breno Masi, diretor de marketing e produtos da Fingertips; Guilherme Tsubota, consultor de tecnologias móveis da 8D; Leonardo Xavier, diretor-geral da Ponto Mobi; Lucas Longo, diretor do Instituto de Artes Interativas (iAi); Marcelo Castelo, sócio da Fbiz; Marcos Cuzziol, gerente do Itaulab do Itaú Cultural; Eliane Coimbra, diretora da Foster Comunicação; Gilberto Dimenstein, coordenador do site Catraca Livre; Franco Lazulli, do Centro Incubador de Empresas Tecnológicas da Universidade de São Paulo (CIETEC - USP); Alberto Magno, presidente e fundador da ASTV e CIO da M1ND Labs; Emiliano de Castro, vice-presidente de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Desenvolvedores de Jogos (Abragames) e Marcelo Pereira, coordenador do Curso de Pós-Graduação em Webdesign da PUC-Rio.

Os critérios de seleção serão o grau de profissionalismo do aplicativo, originalidade, nível de desenvolvimento e usabilidade. O projeto deve estar em estágio avançado, pois será visualizado pelo júri em um vídeo de até cinco minutos, rodando em um celular, compreensão pela cultura e condições dos usuários finais, além de solução para um problema claramente definido, com foco nas áreas temáticas propostas. "O Festival inclui as principais plataformas do mercado, visando estimular o desenvolvimento de aplicativos para toda a base de usuários de telefonia móvel no país", afirma Marcelo Godoy, diretor-executivo e comercial do Mobilefest.

O I Prêmio Mobilefest de Aplicativos para Celular é patrocinado pela Claro e conta ainda com apoio de diversas entidades ligadas ao fomento à produção de tecnologia móvel e desenvolvimento de softwares. Entre elas, estão o Centro Incubador de Empresas Tecnológicas da Universidade de São Paulo (CIETEC - USP), MTV, Mobile Entertainment Forum (MEF), PUC-Rio, Teleco, Internet Advertising Bureau (IAB), Mobile Experience Innovation Centre (MEIC), Consulado do Canadá, OCAD, Mobile Monday Rio e São Paulo, Abragames, Softex e Altex.

Serviço: I Prêmio Mobilefest de Aplicativos para Celular Prazo: inscrições de 1 a 30 de agosto pelo site www.premiomobilefest.com.br, clicando no item I Prêmio Mobilefest de Aplicativos para Celular.

Sobre o Mobilefest: O Festival Mobilefest, maior evento latinoamericano de integração de soluções em mobilidade, tem por objetivo criar uma rede colaborativa e permanente de conteúdo entre empresas, consumidores, pesquisadores e estudantes. O evento promove uma ampla reflexão sobre o impacto das tecnologias móveis nas esferas sociais e econômicas. Desde 2008, o Mobilefest desenvolve projetos binacionais de cultura e mobilidade com países como Canadá, Espanha, Inglaterra e Holanda.

Sobre a Claro: A Claro é uma das líderes em telefonia celular no Brasil, atua nacionalmente e atende a mais de 46 milhões de clientes. A operadora conta atualmente com a maior cobertura nacional e está presente em 3.497 municípios com as tecnologias GSM e 3G. Líder na oferta de conteúdos e serviços inovadores, a Claro possui acordos de roaming em mais de 160 países para serviços de voz e em mais de 130 para tráfego de dados, nos cinco continentes. É controlada pela América Móvil, um dos cinco maiores grupos de telefonia móvel do mundo.

Na área de responsabilidade corporativa, a operadora mantém o Instituto Claro, que tem como objetivo estruturar seu investimento social privado e estimular o uso de novas tecnologias na educação.

Um comentário:

  1. Leonardo5/8/10

    Interessante para quem sabe fazer!

    ResponderExcluir

Desde já o blog The Mobipress agradece o seu comentário.